Adversário definido

IMG_20141106_100223959

A equipe da Fasipe de Mato Grosso será a oponente da UnB na disputa por uma vaga na final da segunda divisão do handebol feminino dos JUBs 2014. O time mato-grossense venceu os três compromissos na fase de grupos e chega com moral ao jogo decisivo. A partida será disputada às 17h desta sexta-feira (7), no ginásio do Colégio Purificação ou do Colégio São José.

Caso a UnB se classifique, a grande final terá o encontro de duas universidades federais, já que a alagoana Ufal e a baiana UFBA fazem o outro confronto semifinal. Força, UnB!

Texto: Hugo Costa

Advertisements

Vitória anunciada

IMG_20141106_114851214

Técnicos e jogadoras costumam recusar o rótulo de favorito. Mas nesta quinta-feira (6) não teve jeito. Diante da fragilidade da equipe da Universidade Federal de Tocantins (UFT), a vitória do basquete feminino da UnB era um resultado mais do que previsto. O placar final é prova da diferença entre as equipes: UnB 111 x 11.

Com a vitória, a UnB se classifica para a fase semifinal na segunda colocação do grupo A, atrás da Universidade Estadual de Maringá. O adversário desta sexta-feira (7) é a Universidade Federal do Rio Grande do Sul. A UFT, que marcou apenas 15 pontos na primeira fase, está eliminada. Campeãs e vice-campeãs do torneio garantem acesso à segunda divisão dos JUBs em 2015.

Texto: Hugo Costa

Handebol vence e está na semifinal

Handebol - 04nov14 - Mariana Costa (198 de 109)

A equipe de handebol feminino da UnB fez boa apresentação e venceu a Universidade Federal do Rio Grande do Norte por 18 a 11. O resultado classificou a UnB para o jogo semifinal da segunda divisão dos JUBs 2014 e eliminou as nordestinas, que perderam os três confrontos da primeira fase. As adversárias da semifinal serão conhecidas após a definição do outro grupo, liderado pela federal da Paraíba e pela Fasipe, de Mato Grosso.

A defesa do time de Brasília funcionou bem, em especial no primeiro tempo. As meninas da UnB conseguiram bloquear as principais jogadas adversárias e foram muito rápidas nas transições ao ataque. “Fizemos um jogo mais tranquilo. Pudemos rotacionar bem a equipe e colocar todas as jogadoras em quadra”, diz o técnico Marcelo Marques.

Texto: Hugo Costa
Foto: Mariana Costa

Desfalque na armação

O basquete feminino da UnB sentiu a ausência de uma de suas jogadoras mais importantes: a armadora Luma Rocha. Ela contundiu o tornozelo direito quatro dias antes dos JUBs, em jogo válido pelo campeonato brasiliense. “Agora não dá, mas espero conseguir voltar para o último jogo”, diz a atleta.

Essa não é a única preocupação do treinador Joaquins Feitosa. A ala Ana Kelly Silva também sente o tornozelo direito e teve de jogar no sacrifício contra Maringá. “Apesar da dor, se precisarem de mim, estou pronta para jogar”, afirma.

Texto: Hugo Costa

Derrota na estreia

O time de basquete feminino da UnB perdeu em sua primeira participação nos JUBs 2014. A equipe do técnico Joaquins Feitosa foi derrotada por 61 a 43 pela Universidade Estadual de Maringá (PR). Mais organizado em quadra, o time do Sul liderou do início ao fim. A partida terminou na tarde desta quarta-feira, no ginásio do Colégio Master.

Logo no início do primeiro quarto, o time do Paraná mostrou poder defensivo e não permitiu que a UnB pontuasse. Abriu 6 a 0 e fechou o período em 24 a 10. A vantagem aumentou ao fim do segundo período: 37 a 13.

As meninas da UnB voltaram focadas no terceiro quarto e conseguiram diminuir a vantagem. Ao fim da terceira parcial, o placar terminou em 48 a 27. A reação continuou no quarto seguinte, mas não foi suficiente e as paranaenses chegaram ao fim com uma vantagem confortável: 61 a 43.

O time da capital federal volta a jogar nesta quinta-feira contra a Universidade Federal de Tocantins.

Texto: Hugo Costa

Imagens para ficar na memória

Ginástica - 02nov14 - Mariana Costa (128 de 204)
A bela cidade de Aracaju tem emoldurado ótimas imagens do esporte universitário brasileiro. E a cobertura da Secom/UnB registrou alguns dos momentos mais emocionantes da participação da universidade até aqui. Entre os muitos cliques, as lentes da câmera da fotógrafa Mariana Costa captaram detalhes da luta de Raissa Adusumilli pela medalha de bronze, da concentração do enxadrista campeão Victor Shumyatsky e das apresentações das meninas da ginástica rítmica.

Essas e outras muitas imagens estão em álbum virtual da Secom/UnB no Flickr. Confira aqui.

Texto: Hugo Costa
Foto: Mariana Costa

Handebol perde jogo equilibrado

A derrota foi dura. Depois de liderar o jogo por mais de 50 minutos, a equipe de handebol feminino da UnB saiu derrotada de quadra. O placar final foi de 22 a 20 a favor da Universidade Federal de Alagoas. A partida valeu pela segunda rodada da segunda divisão dos JUBs 2014. “Perder é sempre ruim. Mas desse jeito é pior”, diz a brasiliense Heloísa Arakaki. “O sentimento é de raiva”, diz a jogadora Isabella Vieira.

O jogo no Ginásio da Escola Purificação foi muito equilibrado. Os dois times alternavam erros de contra-ataque e demonstravam ansiedade para finalizar. A duras penas, a equipe do DF conseguia se manter à frente do placar. O primeiro tempo terminou com a vantagem mínima para a UnB: 11 a 10.

Os 30 minutos finais também foram de total equilíbrio. A UnB chegou a abrir 15 a 12, mas as alagoanas mostraram força e pouco depois empataram o placar em 18 a 18. A partir daí, o time do Nordeste foi mais eficiente e assegurou a liderança e a vitória. “Sabíamos que seria um jogo difícil. Agora precisamos nos acertar para a partida decisiva contra a Universidade Federal do Rio Grande do Norte”, diz o técnico da UnB, Marcelo Marques. O jogo contra a UFRN, nesta quinta-feira (6), vale vaga nas semifinais da competição.

Texto: Hugo Costa