Category Archives: Xadrez

Campanha vitoriosa

Victor Schumyatsky ouro no xadrez - 02nov14 - Mariana Costa (79 de 87)
O desempenho dos atletas da UnB nos jogos universitários é até agora motivo de comemoração. A delegação acumula dois ouros no xadrez, um bronze no tênis e outro na ginástica rítmica. Além disso, houve finais individuais e em provas de revezamento na natação. “Foi uma ótima participação na fase individual”, avalia Bernardo Ravanello, responsável pela Associação Atlética Acadêmica da UnB (AAAUnB).

Ravanello destaca que a universidade esteve desfalcada de nomes de peso no judô e na natação, mas soube aproveitar “até com uma certa surpresa” modalidades novas nos jogos. “Conseguimos boas colocações no tênis e na ginástica rítmica”, diz.

E a expectativa do dirigente é de que o bom desempenho siga com os esportes coletivos. “O basquete feminino joga pela ascensão à segunda divisão. Acredito que isso deva acontecer”, prevê. “O handebol feminino é sempre bastante equilibrado na segunda divisão. Mesmo assim, existe a possibilidade medalha e torceremos bastante para que isso aconteça”.

Texto: Hugo Costa
Foto: Mariana Costa

Um tímido campeão

Victor Schumyatsky ouro no xadrez - 02nov14 - Mariana Costa (84 de 87)
Victor Shumyatsky fala baixinho e fica ruborizado com o assédio da imprensa. A discrição do estudante de engenharia mecânica ficou nítida nas muitas entrevistas que ele concedeu durante os JUBs 2014. A última delas foi para a Secom/UnB.

O favoritismo se consolidou. Não houve surpresas, certo?

Não foi um resultado surpreendente. Mas também não seria surpresa se eu tivesse sido derrotado.

Em algum momento sentiu pesar a condição de favorito?

Não. Sempre fui muito centrado e me considero estável psicologicamente. Então essa história de ser favorito não ajuda nem atrapalha.

O jogo contra o Luiz Abdalla, também mestre da Federação Internacional de Xadrez, foi o mais difícil?

Não. A partida que ganhei do Arthur Patroclo foi o jogo mais duro do torneio.

Qual a sensação de levar o ouro para a UnB?

A melhor possível. Fico feliz em poder representar a universidade.

Preparado para voltar à rotina das aulas?

Sim. Pronto para as aulas de Mecânica I e II e cálculo III.

Texto: Hugo Costa
Foto: Mariana Costa

Xadrez masculino conquista ouro também por equipe

Victor Schumyatsky ouro no xadrez - 02nov14 - Mariana Costa (76 de 87)
A campanha invicta de Victor Shumyatsky, somada às três vitória de Thiago Chaves, garantiu a medalha de ouro por equipe no xadrez masculino dos JUBs 2014 à Universidade de Brasília. “A gente sabia que teria boas chances de conseguir um lugar no pódio. Mas ficar com o ouro é muito especial”, afirma o técnico de xadrez da UnB, Doroteu Soares.

Segundo o treinador, o resultado pode ajudar a impulsionar a prática do xadrez na universidade e a descoberta de talentos. “Precisamos ter essa divulgação e investir em treinamento. Pouca gente conhece o Clube de Xadrez da UnB”, diz.

Thiago Chaves não escondia a satisfação da conquista. Para ele, a convivência com jogadores do nível de Shumyatsky é um estímulo para a prática do jogo. “Melhoramos bastante competindo ao lado dele”, garante.

Texto: Hugo Costa
Foto: Mariana Costa

Menino de ouro

JUB xadrez - 31out14 - Mariana Costa  (4 de 23)
Victor Shumyatsky é o grande campeão do xadrez masculino nos JUBs 2014. Em campanha invicta, o enxadrista de 18 anos acumulou cinco vitórias e dois empates no torneio. O atleta da UnB fez valer a condição de favorito e deixou para trás 36 competidores. Entre eles o forte segundo colocado, Luiz Guilherme Abdalla da Unip (SP), e o terceiro, Hugo Caetano, da Unoeste (PR).

A medalha será entregue a Victor em cerimônia na AABB de Aracaju. A equipe da Secom/UnB acompanha e traz mais informações sobre a vitória do xadrez da UnB nesta segunda-feira.

Texto: Hugo Costa
Foto: Mariana Costa

Para consolidar o favoritismo

JUB xadrez - 31out14 - Mariana Costa  (10 de 23)

A modéstia e a timidez não permitem que Victor Schumyatsky assuma o papel de favorito nos JUBs 2014. Estreante nos jogos, ele tem o título vitalício de Mestre Fide, concedido pela Federação Internacional de Xadrez. “Essa história de favoritismo é só teórica”, diz o estudante de Engenharia Mecânica da UnB.

O fato é que Victor já venceu seus dois primeiros confrontos e lidera momentaneamente a competição, que conta com 37 inscritos das cinco regiões do país. “O nível é alto. São enxadristas jovens, com muita fome de vencer”, avalia.  A torcida é para que o apetite do aluno da UnB seja o maior de todos.

Texto: Hugo Costa

Imagem: Mariana Costa

Concentração total

JUB xadrez - 31out14 - Mariana Costa  (22 de 23)O silêncio é absoluto no espaço reservado ao xadrez nos JUBs 2014. Com olhos fixos nos tabuleiros, os atletas encaram partidas que podem durar mais de quatro horas. “O nível está alto. Mas conhecemos bem os atletas. São praticamente os mesmos dos últimos anos”, diz Thiago Chaves, representante da UnB na modalidade pelo terceiro ano consecutivo.

A enxadrista Julia Pascual empatou uma e perdeu outra das sete partidas que vai disputar até o final dos JUBs. “Agora enfrentarei atletas que também não venceram e há chances para recuperação”, diz a atleta, que reforça o favoritismo de outro colega: “nossa aposta é no Victor Schumyatsky”. Victor venceu o primeiro jogo disputado e tem outras seis partidas pela frente.

Texto: Hugo Costa
Foto: Mariana Costa